As operadoras se valem da confusão entre as unidades de grandeza utilizadas para identificar quantidade de dados, fazendo os clientes acreditarem que estão levando uma velocidade que nunca