Dmidecode – Obtenha informações de seu hardware com o dmidecode

Antes de tudo, precisamos entender o que é DMI.

O DMI, ou Desktop Management Interface, ou ainda Direct Media Interface, é uma interface de programação que permite que programas coletem informações à respeito do computador. A tabela DMI fica na BIOS e contém informações sobre o hardware, dispostas de maneira padrão.

Antes de continuar, fique atento a esta informação:

Neste artigo, Joe Barr chama a atenção pro fato de que o dmidecode mostra as informações que obtém do BIOS, em um relatório – mas é o BIOS que, frequentemente não é confiável ao oferecer informações sobre o sistema. Em outras palavras, O BIOS mente sobre o seu hardware. No caso relatado, o BIOS informava falsamente a presença de suporte ao APM (Advanced Power Management ou Gestão Avançada de Energia) em uma máquina, o que impedia a inicialização de uma das versões do Red Hat Linux. No caso de você estar curioso, o problema foi solucionado quando o usuário desligou as opções APM no BIOS – neste caso, o Linux segue em frente, usando os próprios recursos de gestão.
A página da Debian, onde são dados detalhes do pacote dmidecode, há um alerta para a pouca confiabilidade dos dados DMI ou SMBIOS.
Só para ficar claro: não é o dmidecode que tem problemas. São os dados oriundos do seu BIOS que podem não ser verídicos. O programa só repassa a informação que recebeu do BIOS.

Antes do comando, é bom ter a tabela padrão do DMI. É a que segue abaixo:

Tipo	Informação
0	BIOS
1	System
2	Base Board
3	Chassis
4	Processor
5	Memory Controller
6	Memory Module
7	Cache
8	Port Connector
9	System Slots
10	On Board Devices
11	OEM Strings
12	System Configuration Options
13	BIOS Language
14	Group Associations
15	System Event Log
16	Physical Memory Array
17	Memory Device
18	32-bit Memory Error
19	Memory Array Mapped Address
20	Memory Device Mapped Address
21	Built-in Pointing Device
22	Portable Battery
23	System Reset
24	Hardware Security
25	System Power Controls
26	Voltage Probe
27	Cooling Device
28	Temperature Probe
29	Electrical Current Probe
30	Out-of-band Remote Access
31	Boot Integrity Services
32	System Boot
33	64-bit Memory Error
34	Management Device
35	Management Device Component
36	Management Device Threshold Data
37	Memory Channel
38	IPMI Device
39	Power Supply
40	Additional Information
41	Onboard Device

Esta pequena tabelinha vocês encontram no man page do dmidecode (man dmidecode). Além de vários outros comandos.

 

Usos comuns do dmidecode

Um dos usos é verificar informações como a capacidade máxima de memória suportada pelo sistema. Há, pelo menos, 43 tipos de DMIs sobre os quais o programa pode apresentar informações.
As opções mais comuns são:

  • --type ou -t — exibe informações sobre um dos tipos de DMI
  • --string ou -s — restringe as informações exibidas a uma determinada string

Dentro deste mesmo exemplo, caso você queira obter apenas os dados referentes ao fabricante, use o seguinte comando:

# dmidecode -t 1
# dmidecode 2.10
SMBIOS 2.4 present.

Handle 0x0001, DMI type 1, 27 bytes
System Information
        Manufacturer: VMware, Inc.
        Product Name: VMware Virtual Platform
        Version: None
        Serial Number: VMware-XX XX XX XX XX XX XX XX-xx xx xx xx xx xx xx xx
       UUID: XXXXXXXX-XXXX-XXXX-XXXX-XXXXXXXXXXXX
        Wake-up Type: Power Switch
        SKU Number: Not Specified
        Family: Not Specified

 

 

Para obter informações sobre o processador:

# dmidecode -t 4 | grep -i version
Version: Intel(R) Atom(TM) CPU N270   @ 1.60GHz

Você pode obter muito mais informações do BIOS sobre o processador se usar o comando assim:

# dmidecode -t processor

Enfim, use o manual do comando para obter maiores informações sobre o seu uso: man dmidecode.
Espero ter contribuído com dados úteis para você. Lembre-se que a melhor forma de agradecer é compartilhar a informação com seus amigos. Divirta-se!

Fonte: Elias Praciano – dmidecode

Um comentário em “Dmidecode – Obtenha informações de seu hardware com o dmidecode

  • 19 de setembro de 2016 em 15:29
    Permalink

    ótimo blog, Obrigado pelas informações compartilhadas.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: