Diferença entre Memória ECC e Memória Não ECC (Memória Comum)

As memórias podem ser:

  • comuns (não-registradas e não-ECC);
  • ECC sem registro (unbuffered) e
  • ECC com registro (buffered).

 

  • ECC significa Error Correction Code ou Código de Correção de Erros, um opcional da memória que permite a recuperação de dados que se corrompem. Para isso, para cada dado armazenado ela armazena um dado de controle extra que torna esta recuperação possível.
  • Já a característica “registered” é a existência de um circuito adicional no módulo de memória chamado buffer, que faz com que os circuitos de memória RAM consumam menos corrente do barramento de memória, fazendo com que mais circuitos de memória possam ser instalados, aumentando a capacidade máxima de memória que a placa-mãe aceita.
  • Existem módulos ECC, módulos registered e módulos com as duas características ao mesmo tempo.
  • Memórias com estas características normalmente são usadas em servidores e estações de trabalho de alto desempenho.
  • Existem desktops que aceitam ecc registrada: depende da motherboard (placa-mãe).

 

Mas não confunda memória buffered (registrada) com memória ECC, existem módulos de memória com ambos ECC e buffered. E também módulos buffered non-ECC e unbuffered ECC. ECC (Error Correction Code) e significa “Código de Correção de Erro” e non-ECC (not support ECC) quer dizer “não suporta ECC”.
ECC é um método usado para detectar e corrigir erros introduzidos durante a armazenagem ou transmissão de dados. Determinados tipos de chips de memória RAM dentro de um computador, aplicam esta técnica para corrigir os erros e os dados são conhecidos como memória ECC.
Chips de memória ECC são predominantemente utilizadas em servidores e não em computadores clientes (Desktop).

Erros de memória são proporcionais à quantidade de memória RAM em um computador, bem como a duração da operação. Servidores normalmente contêm vários gigabytes de memória RAM e estão em funcionamento 24 horas por dia, a probabilidade de erros em seus chips de memória é relativamente alto e, consequentemente, eles exigem Memória ECC.

Os erros de memória são de dois tipos, a saber, hard e soft. Erros hard são causados devido a defeitos de fabricação dos chips de memória e não podem ser corrigidos logo que começarem a aparecer. Erros soft por outro lado, são causados principalmente por distúrbios elétricos.
A memória ECC é capaz de detectar e corrigir alguns desses erros.
Se vários bits dentro de um bloco de memória de 64-bit falhar, a memória ECC irá detectar os erros, mas não será capaz de corrigi-los. A memória ECC irá corrigir um bit que falhou em um bloco de 64-bit.

Erros de memória que não são corrigidos imediatamente pode eventualmente travar um computador. Isso tem maior relevância a um servidor do que um cliente(desktop, ambiente residencial ou em escritório. Quando um cliente falhar, que normalmente não afeta outros computadores, mesmo quando é ligado a uma rede, mas quando um servidor falhar todos os clientes são afetados por isso. Daí a memória ECC é obrigatório para os servidores, mas facultativa para os desktops, a menos que sejam utilizadas aplicações de missão crítica.

 

Não que seja regra, mas voce pode identificar algumas memórias usando a seguinte:

  • Se a memória for não-registrada (unbuffered) e não-ECC, ou seja, uma memória comum, ele deve ter 8 Chips;
  • Se a memória for ECC sem registro (unbuffered) ela deve ter 9 Chips;
  • Se a memória for ECC com registro (buffered) ela deve ter 9 Chips e um ou mais pequeno(s) chip(s) ao centro (foto abaixo).

10 thoughts on “Diferença entre Memória ECC e Memória Não ECC (Memória Comum)”

  1. Boa Tarde, ótimo post, vendo que você é entendedor do assunto, gostaria de fugir um pouco desse foco em específico e pedir uma ajuda ou conselho, tenho uma placa mãe da Asus “H81M-A”, nas especifícações dela diz que suporta ” 2x DIMMS, MAX. 16GB , DDR3 1600 / 133 MHZ, non-ECC, un-buffered”, a minha principal questão é se a memoria que eu comprar for específicamente nessas condições existe alguma chance de ela não funcionar por algum motivo e qual memória você me recomendaria com essas especificações, aguardo resposta.

    1. Arthur,

      Nesse caso o importante é sempre seguir as especificações do fabricante, no caso sua placa mãe suporta 16GB máximo. Pela informação que me passou me parece que sua placa é esta: Asus H81MABR – Especificações
      Caso afirmativo, você poderá trabalhar com dois módulos de memória DDR3 1600MHz, mas elas irão operar apenas em 1600MHz isso devido a limitação do seu chipset.
      Sobre marcas, recomendo sempre trabalhar com marcas confiáveis!
      Kingston, Samsung, Corsair, são as que recomendo.

      Lembrando que a memória não poderá ser Buffered ou ECC!

  2. Boa noite, a minha placa mãe diz o seguinte “Suporta DDR3 1333/1066 memória SO DIMM de não-ECC e sem buffer”
    Poderia comprar um memoria ram SO DIMM com ecc e colocar nela?
    O que iria acontecer se eu colocasse nela?
    Obrigado pela explicação no site

    1. Rodrigo, não funcionaria, e dependendo da voltagem voce pode acabar queimando o módulo de memória! Hoje temos memória LowVoltage e se sua placa enviar uma voltagem maior, o módulo pode danificar.
      Agora, se a voltagem for a mesma, acredito que apenas não irá ocorrer o post.

  3. Bom dia!
    Parabéns, e obrigado pelas valiosas informações.
    Se possível, gostaria de saber a diferença entre memória UDIMM e DIMM.
    E o que acha sobre memórias com MHz maiores. Meu processador fala em memória 2666, porém minha placa mae aceita até 4000 MHz. Vale a pena colocar algo maior que 2666 ou 2400 que são mais comuns no mercado? Penso em algo entre 3000 e 3200.

    1. Paulo,
      Primeiramente me perdoe pelo tempo em que demorei para responder a esta sua pergunta.
      Sobre a diferença de memórias DIMM e UDIMM, eu vou responder inicialmente de forma simplificada.
      UDIMM – São memórias Unbuffered e este termo é digamos que genérico para a maioria das memórias que usamos em Desktops, notebooks e etc.
      DIMM – São memórias que possuem um chip (microprocessador) para um gerenciamento de transmissão de dados antes de serem armazenados ou lidos nos chips de memória.
      As memórias DIMM são popularmente conhecidas como memórias para servidor, o que não é bem assim! Na verdade, elas possuem este chip para que possamos ter uma grande quantidade de módulos de memórias e que estes módulos não causem sobrecarga no controlador de memória da placa mãe do equipamento, evitando assim problemas com instabilidades de sistema.
      Algumas placas para desktop hoje já utilizam de memórias DIMM, estas placas você irá encontrar mais do que 4 slots para memórias.

      Sobre o Clock do seu processador vs a frequência de sua Mobo (Placa mãe), são valores distintos, pois se sua placa mãe aceita memórias com frequências maiores, vale sim a pena colocar módulos melhores, apenas recomendo que você leia atentamente a lista de compatibilidade de memórias no site do fabricante, nele estará listado inclusive algumas marcas e modelos recomendados.

      Espero ter esclarecido sua dúvida, e se eu puder ajudar em alguma outra dúvida, basta chamar aqui.

  4. Olá.
    Tenho um PC que foi montado em 2003 e gostaria de fazer um upgrade na memória ram que está com 2 pentes de 256 MHz. O fabricante da placa mãe especifica que a memória ram tem ser PC 2700/2100 ou ainda 1600. Tenho condições de colocar 3 pentes de 1 GB cada perfazendo um total de 3 GB conforme determina o fabricante da placa mãe.
    Pesquisando no mercado tenho achado só memórias PC 3200.
    Pergunto: posso instalar o pente de memória PC 3200? No caso 3 pentes de 1 GB.
    Obrigado
    João Carlos

    1. Boa Tarde Jean,

      Desculpe a demora para responder, então, infelizmente não.
      Pois, cada placa mãe tem um modelo especifico de aceitação de memória RAM, na qual tem diferença no Mhz ou até mesmo questão da voltagem.
      E se por ventura você colocar outra memória diferente da recomendada, pode acarretar o computador não ligar, ou até mesmo a placa mãe queimar.

      Espero ter respondido a sua pergunta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.